quarta-feira, 16 de setembro de 2009

'A Lenda do Saci-Pererê em cordel' é lançado pela Paulus




O livro infantil A Lenda do Saci-Pererê em cordel já está disponível no catálogo da editora Paulus. As ilustrações são de Elma. Para escrever o livro, pesquisei várias lendas envolvendo o personagem. Aquela em que se baseia o livro vem do folclore capixaba.

Trecho:

(...)

Passou o tempo e o Saci
Voltou àquela fazenda.
Parece que o danadinho
Vinha mesmo de encomenda,
Causando aborrecimentos,
Numa algazarra tremenda.

Ele amassava as panelas,
Sujava a casa todinha,
Misturava nas vasilhas
O açúcar com a farinha,
E ia embora sorrindo,
Pulando numa perninha.

A mãe aflita rezava
As orações que sabia,
Mas o moleque danado
Cada oração repetia,
Arremedando a mulher,
Que muito se aborrecia.

Todo dia o Saci vinha
Pulando, dando pinote,
Espantando os animais,
Sujando a água do pote.
Assim, os pais adotivos
Sofriam com o molecote.

(...)

Dados técnicos


Título: A lenda do saci-pererê em cordel
Catálogo: Infantojuvenil
Assunto: Contos
Ano: 2009
Autor(a): Marco Haurélio
Acabamento: grampeado
Formato: 21x27cm
Coleção: Mistura Brasileira
Número de páginas: 24
Editora: PAULUS
Edição: 1
Código de barras: 9788534929936
ISBN: 9788534929936

Abaixo um texto extraído do portal Resenhando.


 No dia 31 de outubro é comemorado o “Dia do Saci”, protagonista do livro A Lenda do Saci-Pererê em cordel



Com toda a magia da literatura de cordel, o autor conta que o Saci foi abandonado, mas, felizmente, foi encontrado por um casal que sentiu muita pena da criança magra e desprezada. Como se não bastasse, ela tinha uma perna só.

Era um menino faceiro,

Tinha olhos gateados

e a expressão que é própria
dos meninos levados,
mas nos bebês estes traços
às vezes não são notados.

Saci foi crescendo e aprendendo tudo rapidamente… mas após o seu batizado ele sumiu, retornando à fazenda onde cresceu, depois de muito tempo, para fazer o que ele mais gostava: algazarras! Amassar panelas, misturar açúcar com farinha na mesma vasilha e assustar os animais são alguns exemplos de suas travessuras prediletas. Depois de muito aprontar, descobriu-se que os poderes do Saci estão concentrados em seu inseparável gorro vermelho, que se for arrancado… adeus, algazarras!
Com linguagem criativa e um colorido contagiante nas ilustrações, a obra tem como objetivo preservar o mito do Saci, contado de geração para geração, além de servir como instrumento para promover, entre crianças e jovens, o interesse pela cultura e pelas raízes do nosso país.
A Lenda do Saci-Pererê em cordel pertence à renomada coleção Mistura Brasileira, cuja proposta é recontar histórias que construíram a identidade do Brasil, como Chico Rei, de Renato Lima, Foi quando a Família Real chegou…, de Lúcia Fidalgo, A terra sem males – Mito Guarani, de Jakson de Alencar, entre outros.
Marco Haurélio nasceu na Ponta Serra, município de Riacho de Santana, sertão da Bahia, em 1974. É considerado um dos grandes nomes da literatura de cordel e tem vários títulos escritos neste gênero poético. Pesquisador das tradições populares, reuniu variadas histórias da nossa tradição oral no livro Contos folclóricos brasileiros (PAULUS).
Elma nasceu em Recife e hoje mora em João Pessoa. Quando criança, costumava ir à escola onde sua mãe trabalhava e lá passava horas observando o carinho que ela dedicava ao ensinar crianças especiais. Há quatro anos vem ilustrando para crianças e mostrando um universo que ela aprendeu quando sua mãe, uma professora “especial”, começou a mostrar e ensinar-lhe o mundo das letras e cores.
Clique AQUI para adquirir a obra.

Nenhum comentário: